Comunicados Importantes: Corona Vírus

 

Atenção – 04/06/20

Salões de beleza, barbearias e congêneres não estão mais autorizados em funcionar na 2ª Fase da Flexibilização

A Prefeitura da Estância Turística de Itu informou que após denúncia de uma cidadã ituana no Ministério Público, o promotor Dr. Amaury Chaves Arfely ingressou com a ação pleiteando liminar para fechamento dos salões de beleza, barbearias e congêneres. Pedido este acatado em decisão liminar processo número 1003366-50.2020.8.26.0286 pela Juíza da 2ª Vara Cível da Comarca de Itu.

Portanto, a Prefeitura de Itu tem por obrigação acatar a determinação judicial. Assim, fica divulgado.


Conheça aqui as informações sobre a flexibilização da quarentena – 29/05/20


Comunicado Importante enviado por e-mail em 20/05/20

Associados:

A Associação Comercial e Industrial de Itu, pensando em seus associados, principalmente devido a este momento difícil para muitos empreendedores, não repassará o reajuste proposto pela Boa Vista SCPC  que seria  a partir de maio, reajuste com base no índice IPCA do período de março 2019 a fevereiro 2020 que é de 4,0049%, exceto os produtos de cartas cujos preços estão ligados diretamente a insumos de fornecedores (enquanto não restabelecer o cenário atual da pandemia e o funcionamento do comércio). Ou seja, os valores cobrados, por enquanto, continuarão sendo os mesmos.

Em relação à mensalidade da ACII do mês de abril, que iríamos parcelar em 3 X, a partir de julho, conforme comunicado enviado no dia 30/03/20, informamos que iremos isentar todos os associados desse pagamento.

Ressaltamos que durante este período de pandemia, a entidade vem realizando diversas ações em benefício ao setor do comércio e serviços, que podem ser conferidas no site www.aciitu.com.br ou nas redes sociais.

Qualquer dúvida, estamos à disposição.

Att.

Murilo Tuvani
Presidente da ACII


Comunicado em 13/05/20

Diretoria Executiva da ACII se reúne com o Prefeito para solicitar flexibilização

A Diretoria Executiva da Associação Comercial e Industrial de Itu se reuniu com o Prefeito Guilherme Gazzola, no dia 12 /05/20, para solicitar uma possível flexibilização para reabertura do comércio ituano. No encontro o presidente da ACII, Murilo Tuvani entregou ao Prefeito Guilherme Gazzola um ofício apresentando propostas e sugestões para a flexibilização para reabertura do comércio.

Durante a reunião o Prefeito explicou que a situação é de extrema gravidade. Não existe divisão entre o poder público e o comércio, ou atingimos 70% de isolamento social ou a crise vai até julho. O índice de isolamento está muito abaixo do recomendado, temos em Itu 48 casos confirmados de covid-19. Os dados epidemiológicos mostram que não existem indicadores que a crise está passando. E acrescentou que tem receio que a situação se agrave nos próximos 30 dias. Sabemos das dificuldades enfrentadas pelos empresários, não podemos negar a crise, mas não existe uma solução, hoje, para flexibilização. Finalizando o prefeito pediu a colaboração da ACII na divulgação da importância do isolamento social para que juntos possamos superar esse momento difícil.

Segue abaixo ofício entregue ao Prefeito na reunião:

Itu, 11 de maio de 2020.

Ofício nº: 009/2019/2021

Ao Excelentíssimo Senhor
Guilherme Gazzola
Prefeito da Estância Turística de Itu

A Associação Comercial e Industrial de Itu, vem, respeitosamente, à presença de Vossa Excelência, apresentar propostas/sugestões de flexibilização do decreto de quarentena, que visam à retomada gradual das atividades econômicas, com a preservação da saúde e dos empregos.

O objetivo deste documento é auxiliar o Governo Municipal em sua tomada de decisões e sugerir iniciativas que possam diminuir os impactos da crise econômica, motivada pela pandemia do coronavírus.

A ACII reitera o compromisso de apoiar e orientar o cumprimento integral das decisões do Governo Municipal, porém, destaca que a situação atual tem levado a demissões e fechamento de negócios. Cenário que, caso mantido, poderá ser agravado.

Propostas/Sugestões para abertura:

  1. Controle de entrada de pessoas e distribuição de álcool gel na porta em todos os comércios não essenciais; Permissão para recebimentos de carnês e contas atrasadas; No comércio de rua: Segunda, quarta e sexta abre o lado par da rua, terça, quinta e sábado abre o lado ímpar; Abertura do comércio não essencial com rígido controle sanitário e de aglomeração; Iniciar a flexibilização para restaurantes (com ressalvas); padarias, bares, lanchonetes (com ressalvas) e serviços de festas; comércio varejista; comércio atacadista; comércio de produtos de higiene e limpeza; comércio de produtos cirúrgicos (luva, máscara, álcool em gel); profissionais de saúde; óticas; escritórios em geral (advocacia, contador); serviços de beleza (com ressalvas); oficinas em geral, lava – jatos; concessionárias; auto-peças; taxistas; motoristas de aplicativos; agências bancárias; gráficas rápidas e fotocópias; seguradoras; shoppings centers e galerias comerciais (com ressalvas).
  2. Pessoas do grupo de risco, continuam em quarentena;
  3. Uso de máscara por todos, principalmente dentro dos estabelecimentos comerciais;
  4. Aumento e estímulo do uso de delivery e drive-thru.; Drive-thru: autorizar de imediato todos os estabelecimentos comerciais a utilizar as vias públicas para entregar os produtos comercializados nos veículos dos clientes, devidamente estacionados.

Reiterando nossas considerações, encaminhamos as propostas/sugestões e esperamos dar continuidade, juntamente com o governo municipal, a encontrar soluções para o que ora se propõe.
Atenciosamente,

Murilo Tuvani
Presidente da ACII


Comunicado enviado por e-mail aos associados em 16/04/20

Associados:

Informamos que representantes da ACII, alguns comerciantes, o Presidente da Câmara dos Vereadores, Ricardo Giordani e o vereador Luciano do Secom se reuniram com o Prefeito Guilherme Gazzola, no dia 15/04/20, para conversar sobre a possibilidade de abertura do comércio ituano. O prefeito esclareceu que é impossível determinar quando vai acabar o distanciamento social e ressaltou a importância do cumprimento dessas medidas, visando à diminuição da transmissão do covid-19.  Na reunião, o vereador Luciano do Secom sugeriu que todos comecem a pensar no que podemos fazer após a pandemia para fomentar o comércio. Devemos trabalhar todos juntos, poder público, entidades de classes e comerciantes para retomada da economia.

A ACII já está preparando uma campanha pensando no retorno das atividades do comércio.

Em nosso site www.aciitu.com.br os empresários encontram dicas (https://aciitu.com.br/2020/04/14/guia-pratico-de-sobrevivencia-da-sua-empresa-durante-a-pandemia/), lives do Sebrae (https://aciitu.com.br/2020/04/13/lives-do-sebrae/) e informações para ajudá-los nesse momento difícil. Também as providências que estamos tomando junto à Prefeitura, CIS, CPFL e imobiliárias (https://aciitu.com.br/2020/03/19/comunicado-importante-corona-virus/.

Juntos, Somos Mais Fortes!

Att,

Murilo Tuvani
Presidente da ACII


COMUNICADO em 03/04/20

Prezado Associado:

Seguem algumas ações que a ACII vem tomando para ajudar os empresários diante da pandemia do Coronavírus.

Encaminhamos para Prefeitura de Itu, para a CIS e para CPFL, ofícios solicitando:

IPTU 2020

A postergação do pagamento das parcelas do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) com vencimento de abril a dezembro. Os valores serão pagos em 2021, de forma parcelada, em até 36 vezes.

ISS (IMPOSTO SOBRE SERVIÇOS)

Em decorrência da redução, ou mesmo paralisação das vendas, as empresas não terão como cumprir os compromissos, assim, é necessário  a prorrogação do vencimento do ISS (Imposto Sobre Serviços (ISS). Os valores serão pagos em 2021, de forma parcelada, em até 36 vezes.

 SIMPLES NACIONAL

No que diz respeito ao pagamento do Simples Nacional, solicitamos que a cota que faz jus à municipalidade seja postergada por seis meses, tal qual como ocorreu com a cota do Governo Federal. No que diz respeito a cota estadual, nossa Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo) fará a solicitação direta ao governo estadual.

 DEMAIS TAXAS

Solicitamos, também, a postergação do pagamento de demais taxas vigentes em 2020, como o Alvará de Licença (taxa de fiscalização e instalação) e a TFE (Taxa de Fiscalização de Estabelecimentos).

Aguardando a resposta


 PARA AS CONCESSIONÁRIAS:

CIS:

POSTERGAÇÃO DO PAGAMENTO DAS CONTAS

Durante o período de crise, solicitamos que a conta de ÁGUA e ESGOTO passem a ter a tarifa mínima do consumo para todas as empresas do município. O excedente deverá ser parcelado, com início do pagamento em 2021.

SEM CORTE NO SERVIÇO

Outro ponto de grande importância é a suspensão do corte de fornecimento do serviço, durante este período de crise do COVID-19.

Aguardando a Resposta


CPFL:

POSTERGAÇÃO DO PAGAMENTO DAS CONTAS

Durante o período de crise, solicitamos que a conta de Energia passe a ter a tarifa mínima do consumo para todas as empresas do município. O excedente deverá ser parcelado, com início do pagamento em 2021.

SEM CORTE NO SERVIÇO

Outro ponto de grande importância é a suspensão do corte de fornecimento do serviço, durante este período de crise do COVID-19.

Resposta DA CPFL:

Campinas, 01 de abril de 2020.

Ref. Ofício 008/2019/2020

Ilustríssimo Senhor, Murilo de Moraes Tuvani, Presidente da Associação Comercial e Industrial de Itu

Prezado Murilo,

O momento exige mobilização da sociedade em torno da preservação da saúde de todos. A CPFL Piratininga tem adotado, nesse sentido, diversas medidas de prevenção, incluindo as definidas pelo Ministério da Saúde, autoridades de saúde dos Estados e Municípios e demais autoridades sanitárias. Fomos, inclusive além, antecipando o fechamento das agências presenciais de atendimento, visando a preservação da saúde de nossos colaboradores e de nossos clientes.

A CPFL Piratininga compreende que a situação de emergência nacional em saúde pública poderá afetar a atividade econômica, o que atinge diretamente a Distribuidora de Energia, que depende do equilíbrio econômico financeiro para manter a prestação de serviços essenciais à população, especialmente hospitais, postos de saúde e toda a rede de saúde necessária ao combate da emergência em saúde relacionada ao COVID 19.

Nossas obrigações incluem a arrecadação de impostos, tributos, encargos setoriais, pagamento de geradores de energia, transmissores de energia, bem como pagamento de nossos colaboradores e fornecedores de serviços e materiais que estão operando todos os dias para manter o serviço essencial de fornecimento de energia em funcionamento.

Destacamos que, de cada R$ 100 arrecadados pelas concessionárias distribuidoras, apenas cerca de R$ 18 correspondem ao custeio e remuneração da atividade de distribuição de energia elétrica (ou seja, pagamento dos custos de operação, incluindo colaboradores, e manutenção e reposição de ativos), destinando-se os demais R$ 82 a despesas das quais as distribuidoras apenas repassam a terceiros – tais como compra de energia, transmissão, encargos setoriais e impostos.

A CPFL Piratininga, após diversas interações com outras distribuidoras de energia, Governo Federal e ANEEL, implementou medidas de flexibilização relevantes em suas atividades. Além disso, desde 25 de março, estamos seguindo as medidas definidas pela ANEEL no âmbito da Resolução Normativa 878/2020. A implantação dessas ações (que incluem a proibição de corte de energia para residências por 90 dias) necessariamente impõe desafios drásticos em nossa capacidade de arrecadação e manutenção das nossas obrigações.

Por fim, em relação a postergação do pagamento de contas, é inviável à adoção de tal medida visto que ela implicaria em enorme impacto para a arrecadação da empresa. Dessa forma, seguiremos as determinações da ANEEL e continuaremos à disposição de nossos clientes, mantendo as prerrogativas não suspensas por determinação do órgão Regulador.

Não obstante a todo esse cenário difícil pelo que passa nosso país e as dificuldades de fluxo de caixa que também estamos sujeitos, a CPFL mantém o acesso aberto para seus clientes comerciais e industriais representados por essa Associação Comercial, colocando-nos à disposição da associação e de seus sócios pelos nossos canais de atendimento, através dos quais o empresário poderá nos contatar e solicitar nossos serviços.

Reiteramos nosso compromisso com a ACI Itu e ficamos à disposição.

Atenciosamente,

Rafael Lazzaretti
Diretor Comercial – Distribuidoras de Energia do Grupo CPFL


COMUNICADO ENVIADO POR E-MAIL A TODOS OS ASSOCIADOS EM 30/03/20

Prezado Associado:

Diante do esvaziamento das ruas e lojas verificado nos últimos dias e da necessidade de contenção dos contágios pelo Covid 19, o coronavírus, a Associação Comercial e Industrial de Itu, baseada nos recentes decretos baixados pela Prefeitura Municipal e do Governo do Estado, orienta o fechamento dos estabelecimentos comerciais a partir do dia 24/03/20, com exceção dos atendimentos essenciais, como mercados, farmácias, postos de gasolina e outros. Para que as vendas não sejam integralmente paralisadas, orienta-se para o encaminhamento para as vendas on-line, na medida do possível, sempre observando as novas orientações legais que estão surgindo a cada dia no nosso Estado e no Brasil.

Nossos associados já não têm conseguido arrecadar o suficiente para arcar com seus custos operacionais.  Preocupada com a situação, a ACII já tomou algumas providências:

  • Solicitou as imobiliárias e corretores de imóveis associados o desejo de poder contar com a compreensão e sugeriu a possibilidade de abonar um mês de aluguel e/ou diluir nos meses seguintes.

 

  • Em relação ao boleto de abril da ACII, enviaremos o boleto cobrando somente os serviços, a mensalidade de abril será diluída a partir de julho, em 3 parcelas.

O momento pede conscientização e reflexão de todos, pois quanto antes estancarmos esta pandemia, retornaremos com mais força as nossas atividades.

Atenciosamente,

Murilo de Moraes Tuvani
Presidente da ACII

 

Decreto Municipal Quarentena

Decreto Estadual Quarentena


COMUNICADO CORONAVÍRUS – 20/3/2020

PREVENÇÃO

É fundamental adotarmos um comportamento preventivo. Lavar as mãos várias vezes ao dia com água e sabão, manter distância segura das pessoas e evitar contato físico são atitudes conscientes que podem evitar um cenário traumático.

COMO AGIR

A ACII orienta que cada empresa deve se adaptar ao momento de acordo com sua realidade, criando protocolos de trabalho e atendimento. Flexibilidade do horário da equipe evitando pico no transporte público, serviços home office e a priorização do contato com cliente por meios digitais (telefone, e-mail, WhatsApp) podem ser uma saída temporária.

A entidade ressalta que manterá seus associados informados. Vale lembrar que até o momento não houve registro de pessoas contaminadas pelo Covid-19 em Itu.

A atual situação que se instaurou pelo mundo vem provocando impactos no comércio, principalmente, nos pequenos negócios. Enfrentaremos alguns desafios e por isso, selecionamos algumas dicas para você não entrar em pânico nesse momento que deve ser de união e colaboração coletiva.

– Colaboradores da empresa: cuidar da saúde de colaboradores e clientes é o primeiro passo. Caso algum funcionário apresente sintomas da doença, devem ficar em casa e não comparecerem ao trabalho até estarem sem sintomas por, pelo menos 24 horas. Instrua os funcionários a lavar as mãos e utilizarem álcool em gel entre 60-95% de álcool. Estabeleça um processo de comunicação em situações de crise para se comunicar claramente com os funcionários sobre questões de risco de infecção e disponibilize material informativo para os colaboradores.

– Ambientes da empresa: coloque cartazes que incentivem os colaboradores a ficar em casa quando doentes, etiqueta para tossir e espirrar e higiene das mãos na entrada do local de trabalho e em outras áreas. Forneça lenços, talheres descartáveis e recipientes para descarte sem toque para uso dos funcionários, água e sabão no local de trabalho, disponibilize álcool gel 70%. Limpe rotineiramente todas as superfícies tocadas com frequência no local de trabalho, como estações de trabalho, bancadas e maçanetas.

– Marketing e Comunicação: é a hora de se comunicar abertamente com funcionários e com seus clientes. Dissemine o status de suas operações, medidas de proteção que implementou e dê orientações a seus clientes.

– Fortaleça sua atuação no digital: consumidores em casa terão mais tempo e necessidades para compras e contratações online. Aumente sua presença digital e esteja presente nos principais canais digitais como redes sociais, e-commerce, Google, classificados e etc. Use as ferramentas digitais a favor do seu negócio.

Comments are closed